Wednesday, April 15, 2009

Reencontrei-te.
Trocámos palavras, umas com mais sentido do que outras, partilhámos memórias e recuperámos a velha cumplicidade construída ao longo dos anos.
Fizeste-me percebe que alguém te roubou o lugar, o lugar que estava destinado para ti, mas tu não o quiseste. Houve alguém que decidiu lutar por ele, mostrar o quanto vale a força do Amor e até onde se pode chegar. E chegou. Chegou para me dizer que a pessoa que sou não podia ser desperdiçada em alguém que não chegou a dar o devido valor.
Alguém me conquistou. Alguém conquistou merecidamente e herculeamente este pedacinho vermelho que pensava ser teu.
Não chegou a ser. Já não será.
Desejo-te o melhor, a plenitude.

Adeus.

1 comment:

Mia said...

Clap, clap, clap, clap, clap!!
:)